Decoração pra Vida Real

Meu negócio é te ensinar tudo que sei sobre decoração sem segredos

e te ajudar a decorar sua casa sem enrolação.

Baixe grátis o guia "Arrume sua estante como um designer"

Como decorar seu quarto para ser seu refúgio

Quando você divide a casa com outras pessoas, decorar seu quarto para ser seu refúgio é uma questão de sobrevivência.
Ter um lugar onde você possa ficar sozinha, ler, estudar, ouvir música, trabalhar e dormir em paz é fundamental para manter a sanidade mental. Mas o que fazer quando o quarto não é aconchegante?
Essa é a dúvida da Carolina:

“Simone,
Acredito que por meio da decoração, eu possa ter um lugar meu, pois quando entro no quarto, não sinto que seja meu. Tenho mil ideias fervilhando, mas tenho medo de acabar gastando dinheiro com algo que eu não vá gostar depois.”como-decorar-quarto-refugio

Como decorar seu quarto para ser seu refúgio

Calma Carolina. A boa notícia é que você está no caminho certo, seguindo direitinho os 7 passos do Roteiro de Decoração pra Vida Real, só está um tico insegura. Quem nunca?

Vamos juntas rever os 7 passos.

1. Revele seu estilo de decoração
Descobrir o seu estilo de decoração é o primeiro passo para qualquer pessoa que queira decorar qualquer ambiente, de qualquer tamanho.
Conhecer seu estilo é fundamental porque é isso que te dá segurança para tomar decisões e garante que o resultado final fique do jeito que você imaginou.
Você já sabe que o moodboard é a melhor ferramenta para te ajudar a descobrir seu estilo e até já criou um painel no Pinterest para o seu quarto.
Só falta se apoderar do seu estilo!
Eu descreveria o seu estilo como boêmio romântico, porque ele tem uma pegada bem feminina, cheia de estampas florais, cores pastéis e bem “girlie”, como rosa e turquesa, mas com uma pitada de glamour, que aparece nos acessórios dourados como luminárias, mesinhas, almofadas e outros objetos decorativos.
Agora para de pensar, gruda no seu estilo e siga em frente!como-decorar-quarto-refugio-moodboard

2. Considere o seu estilo de vida
O seu quarto para ser aconchegante, além de bonito, precisa funcionar para a sua rotina, para o seu dia-a-dia.
Você quer um espaço para descansar, ouvir música, trabalhar, se maquiar, ler e dormir. Faça uma lista das atividades que você sonha em realizar no seu quarto e anote os móveis e equipamentos necessários para realizá-las. Por exemplo, para trabalhar você precisa de uma escrivaninha e uma cadeira (que você já tem) e de prateleiras ou um gaveteiro para guardar material de trabalho, além de uma luminária de mesa.

3. Use o que você já tem
Você disse que quer aproveitar os móveis que já tem; cama, criado-mudo, cômoda, escrivaninha e cadeira, mas está insegura sobre a melhor maneira de repaginá-los.
As minhas sugestões são:
– Pintar os móveis menores, ou seja, o criado-mudo e a cadeira.
Um projeto do tipo faça-você-mesmo muito grande, está mais sujeito a dar errado ou ficar inacabado, testar suas habilidades de pintura em móveis menores é mais seguro.
– Trocar os puxadores da cômoda.
Manter a cômoda como está e trocar os puxadores por um modelo colorido é o jeito mais rápido e barato de transformá-la e o resultado é inacreditável.
– Manter a cama e a escrivaninha como estão.
A ideia é contrastar a madeira destas duas peças com o colorido do criado-mudo e da cadeira. Como a tonalidade da madeira é alaranjada, o turquesa que aparece no seu moodboard com tanta frequência, é a cor perfeita para as peças menores, já que laranja e azul são cores complementares.como-decorar-quarto-refugio-antes

4. Desenhe seu espaço
Você desenhou a planta baixa do quarto e testou outras posições para os móveis. Isso é super importante para garantir uma boa circulação.
Mas mais importante ainda é que você não teve medo de escolher um layout diferente só porque ele não é usual. Você não teve medo de assumir que a melhor posição para sua cama é embaixo da janela. Agora é hora de tratar a janela como ponto forte da decoração e dar a ela uma cortina à altura.
Minha sugestão é usar um modelo de tecido encorpado, para bloquear a luminosidade, e brilhante para dar um toque de glamour, como uma cortina de shantung dourado, por exemplo.

5. Acrescente cores, texturas e iluminação
Estas “camadas” da decoração é que vão transmitir a sua personalidade e o clima que você quer para o ambiente. Use o seu estilo como guia e divirta-se!
Sobre as cores:
No seu moodboard ficou muito clara uma paleta de cores baseada em azul turquesa e vários tons de pêssego, um tom entre o rosa e o laranja. Como as 2 cores são suaves, minha sugestão é você escolher 1 cor de destaque para usar em pequenos pontos espalhados pelo quarto, pensei em magenta (um rosa forte) ou tangerina.como-decorar-quarto-refugio-cores
Sobre as texturas:
A textura é a “pele” de uma forma, o aspecto de uma superfície, se ela é macia ou áspera, opaca ou brilhante, lisa ou rugosa. As texturas são as responsáveis pela sensação de aconchego e acolhimento nos ambientes, um ambiente cujas superfícies são todas iguais, com o mesmo acabamento é um ambiente frio e sem graça.
No seu quarto, o grande desafio é criar a sensação de aconchego. Para isso você vai precisar trabalhar as texturas em todas as superfícies, começando pelo piso.
O seu quarto PRECISA de um tapete. O piso do seu quarto é de cerâmica, que é um material frio e reflexivo, isso deixa o espaço pouco convidativo.
Um tapete é um investimento que vai fazer a diferença e na minha opinião é a primeira peça que você deveria comprar e instalar. Opte por uma cor neutra como cinza claro e garanta que o tamanho seja suficiente para sobrar no mínimo 40cm de cada lado da cama.como-decorar-quarto-refugio-proposta
Sobre a iluminação:
A iluminação além de sua característica funcional também é responsável pela sensação de aconchego. No teto, use um pendente rústico para contrastar com a cortina glamourosa e instale pequenas luminárias sobre a escrivaninha e a mesa de cabeceira.

6. Planeje seus gastos
Defina o valor que está disposta a gastar na decoração e faça uma lista de prioridades. Para você conseguir resultados rápido, eu sugiro focar na compra do tapete e na pintura dos móveis, o resto você vai fazendo com calma depois.

7. Adicione “sinais de vida”
Os sinais de vida são o molho e a última camada da decoração. Você vai precisar de:
Almofadas sobre a cama: mantenha a paleta de cores e varie as texturas
– Adesivos de poá dourados para dar vida à parede em frente da cama
– Bandejas ou cestas sobre a cômoda para organizar suas bijus, perfumes e maquiagens
Nichos ou prateleiras na parede sobre a escrivaninha para organizar seu material de trabalhocomo-decorar-quarto-refugio-tapete

Quer aprender a fazer o seu próprio projeto de decoração? Compre já o Ebook Decoração pra Vida Real e aprenda os 7 passos infalíveis para decorar sua casa. Custa menos do que uma manicure.

2 Respostas para Como decorar seu quarto para ser seu refúgio

  1. Amei, show de bola, eu fiz isso com um armário que tinha, mandei laquear de branco, (infelizmente não sou nada com manualidades), ficou lindo como novo, uma pintura aqui e outra ali e pronto, tudo com cara de novo 🙂

    • É isso Fabiola, mudar algumas peças já é suficiente para dar outra cara para o espaço. O resto fica por conta da iluminação e da decoração, que não precisam custar uma fortuna; uma almofada aqui, um pendente ali, um adesivo, uma prateleira fofa e voilá. Beijo grande.

Assine o Canal MeuEstiloDecor e receba as novidades: