Decoração pra Vida Real

Meu negócio é te ensinar tudo que sei sobre decoração sem segredos

e te ajudar a decorar sua casa sem enrolação.

Baixe grátis o guia "Arrume sua estante como um designer"

8 Plantas Fáceis de Cuidar

Ter um pedaço da natureza dentro de casa é um desejo de muitos.

Mas experiências frustradas e falta de tempo para cuidar das plantas desmotivam esse desejo.

Neste post, a Gabriela da Trama Paisagismo, especializada em paisagismo para espaços pequenos, te mostra 8 plantas fáceis de cuidar.

Elas exigem poucas regas e cabem em qualquer espacinho da sua casa!

8 Plantas Fáceis de Cuidar

Sala

Maranta ou Calatéia

Nome científico: diversas espécies

Luminosidade: sombra (precisa ter luz natural por perto)

Porte: pequeno

Rega: 1 vez por semana no inverno/ 2 a 3 vezes por semana no verão. Se as folhas começarem a enrolar é falta de água.

Existem muitas espécies de marantas e calatéias.

Todas com folhas super desenhadas e com o verso avermelhado.

Elas são brasileiríssimas! Sou fã.

Não são grandes e cabem em qualquer cantinho.

As plantas do tipo Maranta ou Calathea tem folhas desenhadas e coloridas que são super decorativas. Foto Trama Paisagismo.

Pau D’água

Nome científico: Dracaena fragrans

Luminosidade: meia sombra e sombra (até 3 horas de sol direto, de preferência o sol da manhã)

Porte: grande

Rega: 1 vez por semana no inverno/ 1 a 2 vezes por semana no verão

Essa planta é super tropical e com um visual alegre.

Se adapta bem aos ambiente internos.

Além das regas, é interessante de vez em quando limpar com pano úmido suas grandes folhas.

Assim, você tira a poeira e deixa as folhas brilhantes.

2 espécies fáceis de cuidar para quem não nasceu com o dedo verde: A Peperomia enfeitando a cristaleira e o Pau d’água no vaso todo exuberante. Foto Trama Paisagismo.

Próximo à uma Janela ou Sacada

Peperômia Pendente

Nome científico: Peperomia scandens

Luminosidade: meia sombra (até 2 horas de sol direto) ou local com muita luz natural

Porte: pequeno

Rega: 1 vez por semana no inverno/ 1 a 2 vezes por semana no verão

Excelente espécie para vasos pendentes, prateleiras e em cima de móveis.

Planta Jade

Nome científico: Crassula ovata

Luminosidade: meia sombra e sol pleno (no mínimo 2 horas de sol por dia)

Porte: pequeno / médio (seu crescimento pode ser controlado pelo vaso)

Rega: regar uma vez por semana está ótimo. No calor regue com mais frequência mas apenas quando o substrato estiver seco.

Essa planta parece um bonsai, mas é uma espécie de suculenta.

Muito fácil de cuidar e resiste a bons períodos de estiagem.

ALERTA: seiva tóxica

A planta Jade é um tipo de suculenta, por isso é tão resistente. Foto Trama Paisagismo.

Lavabo

Bambu da Sorte

Nome científico: Dracaena sanderiana

Luminosidade: sombra (luz natural difusa)

Porte: pequeno

Ele pode ser reto ou com curvas.

Colocado em um vaso com água, cresce muito bem em ambientes com pouca luz natural.

A água deve ser trocada 1 vez por semana.

Quem disse que você precisa usar planta “fake” no lavabo? Vai de Bambu da Sorte mulher! Foto Trama Paisagismo.

Sacada

Pata de Elefante

Nome científico: Beaucarnea recurvata

Luminosidade: Meia sombra e sol pleno (no mínimo 2 horas de sol por dia)

Porte: grande

Rega: 1 vez a cada 10 dias no inverno/ 1 vez por semana no verão

Você até pode encontrar exemplares pequenos, mas são plantas que crescem bem, apesar do crescimento lento.

Ela acumula água em seu tronco, dando assim esse formato largo na base.

Em sacadas de ventos fortes, ela precisará ser protegida ou receber mais de 4 horas de sol por dia.

A Pata de Elefante adora uma sacada e com esse volume escultural é perfeita para decorar aqueles cantos vazios. Foto Trama Paisagismo.

Flor de Cera

Nome científico: Hoya carnosa

Luminosidade: meia sombra e sombra (no máximo 3 horas diretas de sol)

Porte: pequeno

Rega: 1 vez por semana no inverno/ 1 a 2 vezes por semana no verão mas deixe que o solo seque na parte superior antes de regar novamente.

Se seu sonho é ter uma trepadeira e não tem espaço, a dica é a Flor de Cera.

Ela suporta poucas horas de sol diretamente na folha, de preferência o sol da manhã.

As flores são maravilhosas e despontam na primavera verão.

Ela pode ficar pendente em um vaso, subir em uma treliça ou até na tela da sacada.

ALERTA: as flores são perfumadas e pode incomodar algumas pessoas.

Trepadeira no apartamento pequeno? Claro que pode! Olha a Flor de Cera aí. E ainda tem perfume. Foto Trama Paisagismo.

Hall e Quartos

Lança de São Jorge

Nome científico: Sansevieria cylindrica

Luminosidade: sol pleno, meia sombra e sombra (se adapta em todos os ambientes)

Porte: médio

Rega: 1 vez a cada 10 dias no inverno/ 1 vez por semana no verão

A Lança é resistente à locais com baixa luz natural e com ar-condicionado.

Trazem elegância ao ambiente.

ALERTA: Cuidado caso quebre o galho, sua seiva pode irritar a pele.

Lança de São Jorge recebendo as visitas no hall de entrada. Mas pode usar no quarto para aquela positive vibration. Foto Trama Paisagismo.

 

Algumas plantas dessa lista são tóxicas e podem causar algum tipo de incômodo quando ingeridas.

As outras plantas não são tóxicas, porém não devem ser ingeridas da mesma forma.

A quantidade de água pode variar de acordo com o ambiente, o tamanho do vaso e da planta.

Observe sua planta!

Agora é só escolher a sua plantinha e deixar sua casa mais verde!

Dica de Designer: Para um efeito “urban jungle” misture vários tipos de Marantas e Calatéias. Foto Trama Paisagismo.

Texto e fotos por Gabriela Trama da Trama Paisagismo.

18 Respostas para 8 Plantas Fáceis de Cuidar

  1. Gostaria e plantar em casa as plancs já que alem de bonitas são mais saudáveis na alimentação. Gostaria de informações sobre elas, quais usar e como cuidar. Já cultivo as beldroegas e as cebolas e alhos Nirá (japonês). Que outros posso ter? tenho uma cobertura de quase cem metros quadrados com bastante sol, além de uma sacada e floreiras em três janelas grandes. Obrigada pelas dicas. São ótimas.

  2. Oi, Simone. Eu não cheguei a matar meu cacto pqe passei ele pra minha mãe cuidar, do contrário ele iria ser assassinado também.
    Aqui em casa nessa época do ano não pega sol, no caso vou procurar pelas plantas que não precisam de luz.
    Obrigada pelas dicas!

    • Aqui em casa também não rola sol esse época do ano mas minhas plantas que estão perto da janela estão resistindo bravamente 🙂 Boa sorte Marina.

  3. Também quero incluir plantinhas na minha decoração, mas ta faltando inspiração, rsrs, Simone sempre acertando. Uma dúvida: Se eu pendurar plantas pela casa ou apoiar em móveis (como na cristaleira) não vai molhar o chão e os móveis?

    • Mi dúvida és su dúvida Bruna rsrsrs. A parada é a seguinte: vai molhar sim! Mês passado perdi 6 livros de arte que eu amava e que estavam na estante ao lado de um vaso. Molhei, transbordou e eu não vi 🙁 O que eu vejo o povo urban jungle do instagram fazer é levar os vasos para o banheiro ou área de serviço na hora de regar. Já vi gente que dá banho de chuveiro nas plantinhas….

  4. Adorei o Post, principalmente porque mato até suculenta. Já estava desistindo mas vou tentar mais uma vez 🙂
    Uma boa sugestão é sobre plantar ervas e temperos, na teoria é super simples, mas na vida real nunca vi dar certo 😀
    Até a próxima

    • Pois é Gabriela, horta é bem complicado mesmo 🙁 Eu já tentei 2 vezes e matei manjericão, hortelã e alecrim. Sugestão anotada! Obrigada querida.

  5. Achei que só eu era capaz de tanta inabilidade ao matar meus cactus!!!! hehehehehe, não estou só e amei as dicas!!! vou usar!!! Obrigada Simone e Gabi!!! bjs, flores!

  6. Oi, Simone! Acompanho seu blog há um tempo e adorei o post sobre plantas! Eu também “mato até cactus”, não se sinta sozinha! Rs
    Gostaria de te sugerir um tema para os próximos posts: plantas x animais de estimação. Quais são as mais adequadas para que os bichinhos não se intoxiquem ao mexer (eles SEMPRE mexem!), se existe alguma específica para consumo deles (cães e gatos gostam de comer grama, mas existe um tipo certo) e outras dicas que você achar importante.
    Um abraço, muito sucesso!

    • Oi Fabiana, esse tema é ótimo! Será que tem alguma plantinha que até faça bem para os pets??? Vou perguntar para a Gabi. Obrigadíssima pela sugestão.

  7. Sou igual a você, não tenho noção de como cuidar e todas acabam morrendo, até cactus. Agora seguirei a risca as dicas. Obrigada! Bjs

    • Depois me conta Marcia se funcionou. Eu pretendo começar com 1 espécie só da lista e se der certo vou acrescentando rsrsrs. Beijão.

Assine o Canal MeuEstiloDecor e receba as novidades: