Decoração pra Vida Real

Meu negócio é te ensinar tudo que sei sobre decoração sem segredos

e te ajudar a decorar sua casa sem enrolação.

Baixe grátis o guia "Arrume sua estante como um designer"

Reforma de Casa: Guia do que NÃO Fazer

Reforma de casa dá sempre um frio na barriga.

Você convive semanas, às vezes meses, com bagunça e sujeira enquanto vê a sua conta bancária sumindo.

Se você está adiando a reforma da sua casa porque acha a missão assustadora, este post é pra você.

Neste guia eu reuní dicas do que NÃO fazer para garantir que você vai manter seus lindos cabelos durante o processo de reforma.

Reforma de Casa: Um Guia do que NÃO Fazer

Deixar a Obra Sem Supervisão

Ok, você marcou os pontos de tomada na parede para o eletricista e entregou um desenho da paginação do piso da cozinha para o azulejista.

Mas a verdade é que, se você não acompanhar o andamento da obra diariamente, vai dar caca.

Você precisa visitar a obra e tirar as dúvidas da equipe pessoalmente.

Já vi muito pedreiro bem intencionado “interpretando” a planta do seu jeito e mudando o que estava no projeto porque achava “mais bonito”.

O que fazer:

1. Contrate um profissional (arquiteto ou designer de interiores) para criar um projeto e colocar todas as etapas da reforma no papel.

2. Com o projeto em mãos, faça uma reunião com a equipe responsável pela obra (pedreiro, eletricista, pintor, etc), explique detalhadamente o resultado que deseja e deixe uma cópia do projeto na obra.

3. Informe que você irá supervisionar a reforma pessoalmente e peça para entrarem em contato com você em caso de dúvidas.

Dica de Designer:

– Dê comandos claros e diretos à equipe.
– Nunca assuma que só porque está escrito no projeto, está explicado.
– Mostre que você é acessível e está disposta a tirar dúvidas.

reforma de casa guia do que não fazer
Casa da década de 70 reformada por Tria Arquitetura. Foto via Casa Vogue.

 

Não Fazer um Orçamento

Reformas sempre custam mais do que o planejado. Todo mundo sabe.

Mas quando acontece com você, você é pego de surpresa!?

Não planejar seus gastos significa que seu dinheiro pode acabar no meio da reforma.

Melhor não, né?

O que fazer:

1. Com o projeto em mãos, comece a levantar orçamentos com cada profissional envolvido (pedreiro, eletricista, gesseiro, pintor, etc).

2. Peça para cada um deles estimar o valor total que será gasto com material.

3. Se o valor total estimado for superior ao que você tinha planejado gastar, você tem tempo para escolher materiais mais baratos ou mudar suas prioridades antes de começar a obra.

4. Considere 30% a mais sobre o valor total do orçamento para surpresas indesejadas. Acredite, elas vão aparecer.

reforma de casa guia do que não fazer
Reforma de casa da década de 60 por Asenne Arquitetura. Foto via Casa de Valentina.

 

Assumir que Todos os Materiais Tem Entrega Imediata

Aí você contratou uma equipe para trocar o piso.

O povo começou o trabalho, quebrou o contrapiso e na hora da instalação do piso novo, cadê?

O prazo de entrega é de 40 dias úteis!

Danou-se tudo! Ou você paga a equipe para esperar a entrega, gasta mais dinheiro e atrasa sua reforma ou escolhe outro piso meia-boca…

O que fazer:

1. Com o projeto com a especificação dos materiais em mãos, pesquise os prazos de entrega.

2. Faça a compra dos materiais e crie um cronograma de trabalho de acordo com cada entrega.

Primeiro as mudanças de alvenaria e pontos de luz e elétrica, depois a colocação de revestimentos de piso e paredes, no final a pintura.

reforma de casa guia do que não fazer
Reforma de Apartamento em São Paulo por Iná Arquitetura. Foto via Iná Arquitetura.

 

Seguir as “Tendencinhas” de Decoração

Gastar uma grana na reforma para depois de 1 ou 2 anos não conseguir nem olhar mais para aquele azulejo 3D não rola né?

Uma coisa é seguir tendências na hora de comprar móveis e acessórios decorativos, outra bem diferente é pirar nos revestimentos da cozinha.

O que fazer:

1. Prefira um design atemporal com base neutra e materiais clássicos.

2. Se quiser ousar, escolha um detalhe que possa ser modificado sem custos altos.

 

Economizar nas Coisas Erradas

Em uma reforma é fácil se deixar levar pelos encantos dos materiais de acabamento.

São tantas cores e estampas fofas! E aquela torneira cobre então!

Acontece que fios elétricos e encanamento são coisa séria.

Quando você economiza nos materiais básicos para gastar nos acabamentos, corre o risco de ter que quebrar tudo de novo quando der um problema.

Onde investir:

Instalações hidráulicas e elétricas, iluminação, bancada da pia da cozinha, maçanetas das portas.

Onde economizar:

Procure usar o mesmo material de revestimento em todos os ambientes (mesmo piso, mesmo azulejo).

Assim você consegue melhores preços, reduz o custo de frete e as perdas na instalação.

reforma de casa guia do que não fazer cozinha
Reforma de cozinha. Foto via Revista Minha Casa.

 

Comprar Online Sem Pedir Amostras

A internet é sua amiga na hora de pesquisar preços dos materiais de acabamento como revestimentos e metais.

Mas nunca compre sem olhar e tocar o produto antes.

Produtos que parecem bonitinhos online podem ser de qualidade inferior.

O que fazer:

1. Pesquise online. Levante preços, prazos e formas de pagamento.

2. Visite as lojas e peça para ver o material.

3. Se o material que você escolheu não existe na sua cidade e só pode ser comprado online, peça uma amostra ao fabricante.

 

Reforma de apartamento com sala e cozinha integradas. Projeto e foto Iná Arquitetura.

Receber Entregas sem Conferir

O entregador vai te pressionar para assinar o canhoto da Nota Fiscal e despejar a entrega logo.

Resista.

Descobrir que o material foi entregue errado ou faltando na hora da instalação é seu pior pesadelo.

O que fazer:

Peça paciência ao entregador e confira se o material não tem avarias e se a cor e a quantidade estão certas.

reforma de casa guia do que não fazer
Reforma de cozinha por Estúdio Penha. Foto via Histórias de Casa.

 

Deixar de Obedecer a Norma ABNT 16280

Para garantir a qualidade e a segurança das reformas realizadas foi criada uma regulamentação que entrou em vigor em 2015, a Norma ABNT 16280.

A norma exige que toda obra que implique em mudança estrutural no imóvel emita um Registro de Responsabilidade Técnica (RT), que deve ser providenciado por uma empresa prestadora de serviço ou pelo profissional responsável pela reforma (engenheiro ou arquiteto).

Este documento deve ser entregue ao síndico do condomínio junto com o plano de reforma.

Somente pequenas mudanças como pintura, reparos elétricos ou hidráulicos que não utilizem ferramentas de alto impacto, alterações no gesso existente, podem ser feitas sem emissão de RT.

Exemplos de alterações que necessitam de RT:

– Eliminação, construção, abertura e fechamento de paredes e vãos.
– Reformas hidráulicas com mudança de local de pontos de saída de água e esgoto.
– Reformas elétricas com criação de pontos de luz e tomadas.
– Instalação de novos pontos de gás.
– Instalação de banheira, ar-condicionado, aquecedor de ambiente, aparelho de ventilação e equipamentos de automação.
– Troca de revestimento que necessite de ferramentas pesadas como marretas e martelos para retirada do revestimento antigo.

Para ler a Norma ABNT 16280 completa clique aqui.

10 Respostas para Reforma de Casa: Guia do que NÃO Fazer

  1. Um empreiteiro pode dar entrada no registro de Responsabilidade Técnica?

  2. Adorei Simone, tinha dúvidas quanto a fazer a raspagem do piso de madeira da sala antes ou depois da pintura das paredes agora aprendi pintura sempre por último.
    Obrigada. Bia

  3. muito boa as tuas ideias e dicas, obrigada, estes posts vao me ajudar muito, aaaaamo fazer decoração de ambientes. Obrigada

  4. super útil !!!!!! tendo problemas com reforma de banheiros agora 😓 Pena q vcs não tem arquitetos no Rio pra supervisionar e criar ambientes por aqui…

    • Oi Liege, que bom que achou útil o post. Como assim não temos profissionais no Rio???? Eu moro no Rio, oras bolas rsrsrs. Me fala se quiser conversar.

  5. Muito bom Simone!!! Minha casa está “pronta” há 3 anos e tive que encarar um empreiteiro que fazia do jeito que achava melhor. Que dureza!Ele até colocou ralos onde haveria grama! Desperdício de material e claro, de mão de obra. É preciso mesmo ficar em cima tempo inteiro. Suas dicas ajudam bastante.

Assine o Canal MeuEstiloDecor e receba as novidades: